“Andrà Tutto Bene” por Maria João Ferro

Pois cá estamos em plena Pandemia, Abril de 2020, assunto mundial “monotemático”, ansiedades, medos e muitas narrativas, muitos pontos de vista, muitas análises e muitos sentires. Tal como todo o desconhecido é sempre temido, o medo instala-se e o stress do quotidiano termina. O silêncio paira, a calma das ruas vazias e o planeta agradece que todos, ou uma grande parte de nós, se tenha recolhido. Finalmente respira. Não fazíamos assim tanta falta por estas bandas, fica tudo em equilíbrio por momentos, a reclusão aproxima-nos, um contra senso, mas estamos mais próximos não fosse a pandemia. E se não fosse a pandemia não pensava em ti…não pensavas em mim e não pensávamos nos outros que precisam da minha, da tua e da nossa ajuda. Uma ajuda a não morrer por falta de apoio, por falta de recursos, em solidão de forma fria, sem toque.

Neste cenário pandémico, as narrativas do medo são várias, multiplicam-se pelos canais de televisão, artigos de jornal, revistas e também aqui na SER se fazem sentir. Narrativas com medos bons, com medos maus, com sentires diferentes, com a análise descritiva, científica e histórica do que é viver em Pandemia.

Que sequelas poderá trazer?

Ninguém sabe.

Que efeitos?

Desconhecidos…mas que se advinham problemáticos.

Vai ou não mudar o registo do comportamento humano? Talvez sim ou talvez não. Muito está em jogo, deste jogo que se espera longo e onde se avistam dificuldades. Pede-se resiliência, disciplina e temos todos, ou grande parte de nós, esse altruísmo, do confinamento que salva vidas. Honramos esse compromisso todos dias. Falta a paciência, desperta a angústia, surge a irritabilidade, mas no final do dia, acreditas que isto vai correr bem…e recolhes à espera do próximo, do outro e de mais alguns outros dias que virão a seguir.

 

Dentro deste contexto, a SER 21, explana formas de sentir, testemunhos, partilhas científicas e análises descritivas e pessoais, neste singular Abril de 2020. O Momento 21, da revista SER, onde ainda se explicam ansiedades, narrativas pandémicas, descrições emocionais, constatações de autor, dicas de saúde física e mental. Pretendemos preencher a vossa quarentena, recheando-a de conteúdos e enriquecendo-a com possibilidades de novos circuitos de pensamento, potenciando as introspeções, ou simplesmente ocupando o vosso precioso tempo livre.

woman holding sign
Photo by cottonbro on Pexels.com

😊

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s