Editorial Novembro 2016

Meus amigos,

Quando à quatro anos atrás resolvi voltar a Setúbal para abraçar um novo projecto profissional, vários foram os que me tentaram demover dessa mesma decisão. O sentimento comum era que a cidade estava em rota de falência e que não era um bom sítio para o sucesso, fosse em que área fosse. Os Setubalenses estavam aparentemente deprimidos. Obviamente que estou a generalizar, mas esse foi o sentimento dominante que percepcionei nessa altura.

Muito se terá passado entretanto… Nos últimos tempos tenho ouvido uma outra frase ser repetida vezes sem conta. Uma frase que não era comum por estes lados… “Setúbal está na moda”! Está entre aspas porque a frase não é minha. Não tenho qualquer pretensão de a “açambarcar”, apesar de concordar em pleno com o sentido da mesma.

Começou com o imobiliário, onde chineses e Franceses têm feito um festim dos mais caros e icónicos edifícios da cidade… bem, pelo menos de alguns deles. Seguiram-se os turistas estrangeiros, espécie rara por estes lados até então. A presença de turistas tem sido crescente e consistente. Tal e qual a fábula do ovo e da galinha, não sei se isso é consequência de uma maior oferta de infra-estruturas ou se o fenómeno foi o inverso. O que é certo é que eles estão (por) aí e à muito que não se via tal cadência de inaugurações e renovações dos mais variados projectos turísticos no ramo da hotelaria e da restauração.

Os turistas procuram a diferença, a inovação… querem ser surpreendidos, mas sempre pela positiva. Há que manter e fomentar uma identidade própria, de uma Setúbal que seja surpreendente e, principalmente, que seja diferente do restante país. A cidade de Setúbal tem tudo isso… tem sol e praia, começa a ter boas e novas infra-estruturas, tem excelente gastronomia, tem qualidade e pensamento cultural de qualidade, como uma vez mais aqui damos conta, e tem uma cultura própria que os turistas irão aprender a entender e apreciar. Temos tudo!!! Repito, temos tudo, mas mesmo tudo, para ter sucesso!

Agora é preciso que os “defeitos de sempre” não abafem todas estas virtudes e que nos permitam lá chegar… ao sucesso! O sucesso de cada um destes projectos será extensível e influenciará definitivamente o sucesso global de uma cidade que já à muito que merece melhor sorte do que aquela que tem tido!

Tenham sucesso, mas principalmente…

Sejam Felizes!

Pedro Conceição

(Director)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s